Emocionante

Homem recuperado da covid pede namorada em casamento no dia que recebeu alta; veja o vídeo

Publicado em Pedido de casamento 15/07/2021 às 15:20
Homem recuperado da covid pede namorada em casamento no dia que recebeu alta; veja o vídeo

Divulgação/ Prefeitura de Santos

O engenheiro civil Vitor Matos Caselato, de 30 anos, resolveu pedir a namorada, a pedagoga Ester dos Santos França, de 31 anos, em casamento no dia em que recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde estava internado há 18 dias por causa de complicações da Covid-19. 

O pedido foi feito na recepção do hospital de campanha da UPA Central, que fica no município de Santos, São Paulo, e teve direito a buquê de rosas vermelhas, bexigas, árvore com corações na parede e um balão com a frase “Quer casar comigo?”. Ester, é claro, aceitou.

Vitor e Ester estão juntos há 12 anos e já tinham planos de oficializar a união, mas esperavam maior estabilidade financeira. “Com a doença, percebi que o que realmente precisávamos nós já tínhamos, que é o amor, o companheirismo e a parceria”, disse Vitor. 

No início ele pretendia fazer o pedido por videochamada, mas mudou de ideia. Todo o cenário foi preparado pela equipe do hospital e foi uma surpresa até mesmo para a família do – agora – noivo. 

“Foi surpreendente e maravilhoso. Eu cheguei para buscá-lo e minha visão não saía dele. Quando o abracei, pensei: ‘meu Deus, acabou essa situação e ainda ganhei um casamento’. Fiquei muito feliz. É difícil mensurar o sentimento que a gente tem quando uma pessoa que a gente ama lutou pela vida e venceu”, falou Ester. 

Enquanto Vitor estava internado, o casal não podia se falar por telefone ou por visitas. Por isso, eles começaram a se comunicar por cartas. “Foram cartas escritas não só pela Ester, mas pela minha mãe, pai, irmão e tia. E foi isso que meu deu forças, pois nessas cartas eles me mandavam muitas energias, falavam que estavam em oração e me mantinham conectado com o que acontecia aqui fora”, comentou Vitor. 

“Eu deixava claro que estava do lado dele mesmo de longe. Foi uma das fases mais complicadas da minha vida. Quando se tem uma pessoa que a gente ama correndo risco, nós paramos para viver em função disso. Nada fazia sentido sem meu Vitor”, falou a noiva. 

História de superação

A equipe que ajudou a organizar a surpresa comentou que esse foi um momento marcante, já que o estado de Vitor era considerado grave, com 90% dos pulmões comprometidos e chances de intubação. 

“Ele não estava melhorando e fizemos tomografia para ver se tinha alguma alteração pulmonar que justificasse a dificuldade de melhora clínica. Naquele dia, soubemos que ele ia pedir a namorada em casamento por videochamada, mas como voltou cansado do exame, não conseguiu”, relatou a média Isabela Rossi. 

Na manhã seguinte ele estava com medo de não conseguir fazer o pedido. “Pedi para ele não ficar mais nervoso e disse que, no dia que ele tivesse alta, eu iria comprar o balão que ele pediu e um buquê de rosas. Combinei que ele tinha que ficar bom para poder fazer um pedido de verdade e não por videochamada. Poder ajoelhar e pedir do jeito que ele tinha sonhado”, disse ela. 

“O combinado com a dra. Isabela me deu forças para lutar contra a covid. A equipe acreditou na minha força”, comentou Vitor. A esperança de todos é que a história do engenheiro sirva de inspiração para outras pessoas que lutam contra a doença. 

Confira o vídeo completo: 

Compartilhe
Publicado por
Vem Casar Comigo

Comentários