Sapatinho de princesa

Sapatilhas: As queridinhas das noivas

Publicado em Detalhes da noiva 7/02/2020 às 11:48
Foto: Pixabay

Para os casais que dizem “sim” a busca pelo conforto nas cerimônias de casamento tem se tornado um item indispensável em muitos aspectos, e um deles é o que se deve considerar na hora de escolher os sapatos de noiva, afinal, a festa não é só para os convidados, a dona da noite também quer se divertir e dançar pista até a noite virar dia, ou o dia virar noite.

As sapatilhas já caíram no gosto das mulheres há muito tempo, sempre relacionadas ao dia a dia, no entanto as coisas têm mudado. Apesar dessas mudanças, é necessário ter cuidado na hora de escolher o modelo ideal, para que, claramente, combine com o vestido de noiva, e para que esteja à altura da celebração, em harmonia com todo o clima da cerimônia.

LEIA MAIS: O que fazer com o vestido de casamento após a cerimônia

Pérolas: Saiba como usa-las no dia do seu casamento sem errar

Da telona para a vida real

Um dado curioso sobre esse tipo de calçado que hoje em dia é tão popular é que o seu surgimento está bastante associado ao cinema. Ícone da sétima arte, a atriz francesa Brigitte Bardot praticava balé clássico e queria um calçado que pudesse ser usar tanto nas aulas quanto em sua rotina do dia a dia. A partir daí, em 1956, foi criado um modelo de calçado chamado “Cendrillon”, por Rose Repetto, mãe do bailarino Roland Petit e criadora da marca francesa Repetto, que nasceu em 1947 inicialmente para produzir calçados e acessórios para bailarinos.

No filme “E Deus criou a mulher”, de Roger Vadim, Brigitte usou sapatilhas, e outro ícone do cinema, a atriz Audrey Hepburn, também aderiu a elas em outras obras em que atuou, como no filme “Cinderela em Paris”, de Stanley Donen.

Conforto adaptável

As mulheres mais altas e as que não estão acostumadas com salto enxergam nas sapatilhas para noivas uma opção bastante plausível, e há modelos para todos os tipos de ocasiões. Em termos estéticos, o salto sempre acaba alongando a silhueta e deixando a perna mais torneada, especialmente caso seja um vestido de noiva curto, mas ele não é indispensável, tudo depende do modelo escolhido, do seu material e detalhes, e também da atitude de sua dona

Para as noivas mais baixinhas não é necessariamente um problema não usar exclusivamento o sapato branco para noiva com o salto, sempre considerando que a ponta da sapatilha apareça, dessa forma o vestido não achatará o corpo da mulher, e ela poderá caminhar até o altar com graciosidade e elegância.

Foto: Pixabay

Estilos de celebração

Mesmo que sua festa não tenha um ar mais informal ou rústico, com o qual já logo se associa esse tipo de calçado, com certeza você encontrará modelos de sapatilhas lindas e elegantes. Mas se você optou por decoração de casamento rústica não pense duas vezes em dar esse descanso aos seus pés.

Com todo esse boom no mercado das sapatilhas, muitas marcas começaram a criar modelos especiais e exclusivos para casamentos, como é o caso das sapatilhas forradas de cetim, as sapatilhas de renda, com bordados de pedrarias, cristais e muitas outras opções. Se você é ainda mais moderninha, pode optar pelos sapatos de noiva coloridos, há versões lindíssimas de sapatilhas em cores, e é uma maneira de dar uma cara diferente ao look.

Compartilhe
Publicado por
Vem Casar Comigo

Comentários