Viagem de casamento

Como surgiu e o que é a lua de mel

Publicado em Curiosidades 13/01/2020 às 5:26
Foto: Pixabay

As inúmeras tradições espalhadas pelo mundo foram responsáveis em trazer o nome de lua de mel, ao que conhecemos hoje. Afinal, não sabemos com a certeza de qual delas foi a origem principal, mas algo curioso e notável é que, em todas elas o mel está de alguma forma presente pra a celebração da vida dos recém-casados.

Lua de mel é um costume secular

Segundo a revista Super Interessane “Na Irlanda, os recém-casados tinham o costume de tomar uma bebida de baixo teor alcoólico chamada mead – ou hidromel -, composta basicamente de mel fermentado e água. A poção deveria ser consumida durante um mês ou uma lua.”. Sendo assim, acreditavam que, realizando esse ritual receberiam a bênção dos deuses que os proporcionariam fertilidade para conceber os filhos.

Foto: Pixabay

LEIA MAIS: Tendências de penteados para casamentos no verão

Padrinhos e madrinhas: Como escrever o dicurso ideal

Já na Babilônia, a tradição dizia que o pai da noiva deveria presentear o noivo com cerveja de mel que deveria ser consumida durante 30 dias após o casamento para trazer sorte e fertilidade ao casal. já na Roma, na Itália, a mãe da noiva trazia todos os dias durante um mês após o casamento um potinho contendo mel para deixar no quarto do casal, pois o mesmo significava fertilidade e também era usado como um tônico revigorante.

Ao longo dos anos o Vaticano e as crenças católicas também aceitaram o costume por considerarem o mel, como alimento que torna-se cada vez mais doce com o passar dos anos, assim como o casamento deveria ser.

A lua de mel como conhecemos atualmente

A princípio consta-se que foi só no século XIX, lá na Inglaterra, que a lua de mel começou a ser praticada da forma que a conhecemos hoje. Os recém casados viajavam para se conhecer melhor e para visitar alguns parentes distantes que não puderam comparecer a cerimônia de casamento.

Compartilhe
Publicado por
Vem Casar Comigo

Comentários