Tradição do Buquê

Saiba como surgiu a tradição do lançamento do buquê de casamento

Publicado em Curiosidades 29/11/2019 às 4:34
Foto: Pixabay

Na Europa, na idade média a noiva era vista como fonte de energia positiva. A tradição até então era que depois da cerimônia a noiva corta-se pedacinhos dos seu vestido para aquelas mulheres que recebessem pudessem tem a mesma sorte.

LEIA MAIS: Saiba qual tipo de buquê é ideal para o seu casamento

Existem teorias que contam que algumas mulheres levavam um buquê de ervas, flores ou especiarias para ficarem perfumadas, já que o banho seria algo raro naquela época. Há aqueles que acreditam que no caminho até a igreja, as pessoas iriam colhendo as plantas no caminho, ao final, a noiva teria um buquê em suas mãos.

Seja como for que surgiu essa tradição as noivas foram se adaptando e mantiveram o buquê como símbolo de sorte e para não retalhar o vestido da noiva. Com isso o lançamento do buquê significa o compartilhamento da sorte da noiva com suas convidadas.

O costume originário do continente europeu, se adapta em outros países e culturas:

Venezuela:

As noivas não correm para conseguir o buquê. A tradição é os noivos saírem “a francesa” e não serem flagrados por ninguém.

Peru:

São colocadas fitas ao redor do bolo, uma delas contendo um anel. A convidada que conseguir a fita com o anel será a próxima a se casar.

Suécia:

Ao invés de tentarem pegar o buquê, elas roubam o beijo do noivo, com o consentimento da noiva.

Índia:

Não é o sapato da noiva que cria expectativas nos convidados, mas o sapato do noivo, que o tira assim que sobe no altar, e os convidados tentam roubar.

Compartilhe
Publicado por
Vem Casar Comigo

Comentários