Intensivão

publicidade
23/jul
Como é feita a correção da redação do Enem Professor explica

Como é feita a correção da redação do Enem? Professor explica

Publicado por Antônio em DICAS às 18:46

Você já se perguntou como é feita a correção da redação do Enem? Pois saiba que você não está sozinho, já que essa é uma dúvida bem comum e que assola vários candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio todos os anos. 

Mas pode ficar calmo, que o Intensivão conversou com o professor de Língua Portuguesa Menelau Júnior, que explicou como essa correção é feita e o que é preciso se atentar na hora de escrever a redação. Confere!

Afinal, como a redação do Enem é corrigida?

Segundo o professor de Língua Menelau Júnior, a nota da redação é fracionada em cinco partes, com cada uma valendo até 200 pontos. Essas partes são analisadas e pontuadas individualmente e no final, todos os pontos são somados para representar a nota final. Essas partes são:

  • Aspectos gramaticais 
  • Interpretação do tema 
  • Argumentação
  • Coesão textual 
  • Conclusão 

Aspectos gramaticais 

Menelau explicou que a primeira parte analisada na correção da redação do Enem é a gramática. “É justamente onde o aluno perde ponto quando deixa de colocar acento, quanto pontua mal e quando erra na concordância”, destacou o professor. 

Interpretação do tema 

O segundo quesito avaliado é a interpretação que o candidato fez do tema proposto para a redação. De acordo com Menelau, o estudante “precisa estar muito atento ao aspecto restritivo do tema dado, para não falar de forma muito ampla, nem fugir ao tema”. 

O professor também explicou que os examinadores avaliam se o candidato explorou outras áreas do conhecimento, como fazer ponte com elementos da literatura, do cinema ou da filosofia e sociologia. 

Argumentação

“O quesito três é a qualidade da argumentação, então é onde se observa se ele [o candidato] traz uma argumentação densa, se ele consegue estabelecer relações de causa e consequência, se ele apresenta dados”, esclareceu Menelau. 

Essa parte acaba sendo bem semelhante à segunda, uma vez que está relacionada com a capacidade que o autor da redação tem de convencer o leitor através dos argumentos apresentados. 

Coesão textual 

O quarto quesito observado no momento da correção da redação do Enem é a coesão do texto. Ou seja, a harmonia e ligação de todos os elementos utilizados na escrita. 

“Se observa a ligação adequada entre as partes do texto, se ele [o candidato] usa adequadamente os conectivos, se ele evita repetições desnecessárias”, disse o professor, que finalizou explicando que “o quesito quatro é um quesito da estrutura formal do texto.”

Conclusão 

Por último, é analisada a conclusão da redação. Menelau esclarece que nessa parte do texto o candidato apresenta uma proposta de solução para o problema apresentado nos primeiros parágrafos. 

“Uma proposta que respeite os direitos humanos, uma proposta que esteja ao problema que ele levantou, então não adianta trazer uma conclusão com uma proposta que está desconectada com o texto”, alertou ele. 

A conclusão precisa ainda apresentar cinco elementos, são eles: o agente – quem vai fazer alguma coisa –, a ação, o meio, a finalidade e o detalhamento da proposta. Segundo o professor é necessário ter esses cinco pontos em uma conclusão para garantir uma pontuação alta.