Intensivão

publicidade
17/jan
Design sem nome

Sem dinheiro para o ônibus, candidata pega bicicleta emprestada para fazer Enem

Publicado por Antônio em NOTÍCIAS às 13:16

Nos últimos meses, Michelly Rodrigues Martins de Brito, de 28 anos, passou por diversos desafios, entre eles perder a tia para a Covid-19 e ser demitida do emprego em uma lanchonete. Mesmo diante da dificuldade, ela não desistiu do sonho da universidade e foi realizar a prova do Enem neste domingo (17).

Michelly mora no bairro Vila Ivonete, em Rio Branco, no Acre. Da casa dela até o local da prova são aproximadamente 6 quilômetros, que seriam percorridos a pé se não fosse a ajuda de um amigo.

Em entrevista ao G1, a estudante contou que saiu de casa às 8h30 e chegou ao local de prova às 9h30. Michelly era a única que trabalhava na casa dela e agora a família enfrenta dificuldades.

“Eu vinha andando, mas meu amigo me emprestou a bicicleta. Eu foquei muito na redação porque quero uma boa nota”, disse ela. “Tá sendo um pouco difícil para assimilar tudo, mas devagar vai indo, uma hora vai dar certo”, completou.