publicidade
16/out
Inep divulga a Cartilha da Redação do Enem 2017

Inep divulga a Cartilha da Redação do Enem 2017

16 / out
Publicado por Allan Nascimento em ATUALIDADES às 17:09

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou nesta segunda-feira (16) em seu portal a Cartilha do Participante – Redação no Enem 2017, também conhecida como ‘Cartilha de Redação do Enem’. O documento, que anualmente é divulgado, tem como propósito expor qual a avaliação metodológica é aplicada para a correção dos textos dos candidatos inscritos no exame.

Em relação às ultimas edições da prova, a única mudança da atual edição é o remanejamento da redação para o primeiro dia de provas do Enem. Além disso, a  cartilha deste ano também traz oito redações que alcançaram a pontuação máxima no exame de 2016, todas elas acompanhadas por comentários que justificam a nota individualizada por cada um dos critérios avaliados pela banca.

O Enem 2017, que vai estrear a videoprova traduzida em Língua Brasileira de Sinais (Libras), também conta com uma cartilha desenvolvida em Libras. Ao todo, são 26 vídeos englobando todo o conteúdo da cartilha tradicional que estão disponíveis no perfil do Inep no YouTube.

LEIA MAIS

Professor indica clássicos da literatura para você se preparar para o Enem
Dicas para o candidato se dar bem na interpretação de textos no Enem
Cinco episódios históricos que podem cair no Enem

A prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio exige que o candidato produza um texto em prosa, do tipo dissertativo-argumentativo, sobre um tema de ordem social, científica, cultural ou política.

A redação é avaliada por, no mínimo, dois corretores que desconhecem a nota atribuída pelo outro. O desempenho do participante é avaliado de acordo com cinco as competências abaixo:

Competência 1 – Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.
Competência 2 – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.
Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Competência 5 – Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Cada avaliador atribui uma nota que vai de 0 a 200 por competência. Depois de somada a pontuação por professor, a nota final é a média entre as duas pontuações.

VOCÊ PODE CONFERIR A CARTILHA CLICANDO AQUI.


FECHAR