Intensivão

publicidade
26/set
clarice2-lispector748

Clarice Lispector introduz características novas à literatura brasileira

Publicado por Isabelle Figueirôa em NOTÍCIAS às 10:54

clarice-lispector748

Uma das escritoras mais aclamadas da literatura modernista brasileira, a escritora Clarice Lispector introduz características novas à literatura nacional. Seus textos buscam atingir as regiões mais profundas da mente das personagens para aí sondar complexos mecanismos psicológicos, colocando em foco o o inconsciente, os sentimentos e sensações.

A obra de Lispector apresenta características intimistas. O indivíduo, com seus questionamentos e sua intimidade, é a peça mais importante.

Predomina em suas obras o tempo psicológico, visto que o narrador segue o fluxo do pensamento e o monólogo interior das personagens. Características físicas das personagens ficam em segundo plano. Muitas personagens não apresentam sequer nome.

BIOGRAFIA – Clarice Lispector nasceu em Tchetchelnik, na Ucrânia (1925) e morreu no Rio de Janeiro em 1977. Emigrou com os pais e dois irmãos para o Brasil, no mesmo ano em que nasceu: moraram em Alagoas e no Recife; mudaram-se para o Rio de Janeiro em 1937. A partir de 1941, cursou a Faculdade nacional de Direito e passou a trabalhar como jornalista. Em 1943, casou-se com um diplomata, de quem se separaria, depois de morar em diversos países, voltando a viver no Rio.

De precoce vocação literária, publica seu primeiro romance aos vinte anos de idade: Perto do Coração Selvagem. Trabalha na imprensa para sobreviver, fazendo traduções, escrevendo artigos e crônicas, enquanto se dedica à produção de sua obra. Recebeu o prêmio do X Concurso Literário de Brasília em 1976, um ano antes de morrer, de câncer generalizado.

» Relembre as obras da autora:

Romances:

Perto do Coração Selvagem, RJ, A Noite, 1944.
Lustre, RJ, Agir, 1946.
A Cidade Sitiada, A Noite, 1949.
A Maçã no Escuro, RJ, Francisco Alves, 1961.
A Paixão Segundo G.H., RJ, Francisco Alves, 1964.
Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres, RJ, Sabiá, 1969.
A Hora da Estrela, RJ, José Olympio, 1977.

Contos e crônicas:

Laços de Família, RJ, Francisco Alves, 1960.
A Legião Estrangeira, RJ, Ed. do Autor, 1964.
Felicidade Clandestina, RJ, Sabiá, 1971.
A Imitação da Rosa, RJ, Artenova, 1973.
A Via-Crucis do Corpo, RJ, Artenova, 1974.
A Bela e a Fera, RJ, Nova Fronteira, 1979.

Literatura infantil:

Mistério do Coelho Pensante, RJ, J. Álvaro, 1967.
A Vida Íntima de Laura, RJ, Sabiá, 1974.
A Mulher que Matou os Peixes, RJ, Sabiá, 1969.
Quase de Verdade, RJ, Rocco, 1978.